- Hoje é
 
 
Home | Quem somos | actividades | Contactos  
Destaques
Recursos  | Documentos | Visitas | Links | Busca
 
 
Deus é Amor!          Aquele que ama conhece a Deus!               Aquele que ama permanece em Deus!          
 :: O dom da Vida
 :: Namoro
 :: Preparar o casamento: CPM
 :: Celebrar o matrimónio
 :: Crescer em família
 :: Rezar em família
 :: Catequese em família
 :: A educação dos filhos
 :: Aconselhamento Familiar
 :: Planeamento familiar natural
 :: Como posso ajudar?
 :: Movimentos Pastoral Familiar
 :: Boletins Informativos

DESTAQUES
 
Cardeal conta como a oração do Papa o curou

Zenit, 10 de Abril de 2005

Na missa celebrada em sufrágio pelo Papa no dia seguinte às suas exéquias, o cardeal Francesco Marchisano revelou que ficou curado de um grave problema na garganta depois de João Paulo II rezar por ele e o tocar.

O purpurado italiano, arcipreste da Basílica de São Pedro do Vaticano, amigo pessoal de Karol Wojtyla desde 1962, revelou este detalhe até agora desconhecido na eucaristia que concelebrou nesse mesmo templo com o arcebispo Stanislaw Dziwisz, secretário pessoal do Papa.

No segundo dia dos «novendiali», os nove dias de missas em sufrágio pelo Papa, após suas exéquias, o cardeal recordou que há cinco anos «haviam-me operado à carótida e por um erro dos médicos a corda vocal direita ficou paralisada, obrigando-me a falar de maneira quase imperceptivel».

«Como um pai, João Paulo II veio ao meu ao encontro e começou a tocar-me durante dois ou três minutos onde me haviam operado», acrescentou com lágrimas nos olhos.

«Eu fiquei sem palavras -reconheceu-. Enquanto isso, o Papa dizia-me: “Não tenhas medo, verás, verás... O Senhor te devolverá a voz. Verás. Eu rezarei por ti. Verás...”».

«Pouco depois fiquei curado», recordou Dom Marchisano, que na homilia afirmou: «demos graças também ao Senhor por ter dado à sua Igreja um Papa como este, e peçamos ao Senhor a graça de querer dar à sua Igreja outros Papas que sigam este caminho».

 

 

 

 

©Copyright - Secretariado Diocesano da Pastoral da Família, 2004