- Hoje é
 
 
Home
Quem somos
 Actividades | Contactos | Destaques | Recursos  | Documentos | Visitas | Links | Busca
 
 
Deus é Amor!          Aquele que ama conhece a Deus!               Aquele que ama permanece em Deus!          
 :: O dom da Vida
 :: Namoro
 :: Preparar o casamento: CPM
 :: Celebrar o matrimónio
 :: Crescer em família
 :: Rezar em família
 :: Catequese em família
 :: A educação dos filhos
 :: Aconselhamento Familiar
 :: Planeamento familiar natural
 :: Como posso ajudar?
 :: Movimentos Pastoral Familiar
 :: Boletins Informativos

QUEM SOMOS:
 


1. Constituição e breve resenha histórica
2. Missão
3. Visão
4. Prioridades e estratégias para 2014-2015
5. Equipa do Secretariado

6. Consultores

 

1. Constituição e breve resenha histórica

O primeiro Decreto de Nomeação do Secretariado Diocesano da Pastoral Familiar data de 1 de Janeiro de 1989, sendo a Equipa coordenadora então constituída por: 

            - Maria Helena e Mário Rui Costa (casal presidente)

            - Maria de Lurdes e Jorge Cotovio

            - Maria Filomena e Carlos Carvalho

            - Padre Sertório Martins (assistente religioso)

            - Maria Emília e Joaquim do Souto (responsável pela secretaria)

O segundo Decreto de nomeação data de 12 de Março de 1994, sendo a  Equipa coordenadora então formada por:

            - Maria de Lurdes e Jorge Cotovio (casal coordenador)

            - Maria Luísa e Abílio de Almeida Henriques

            - Maria de Lurdes e Américo Petim

            - Ana Maria e António Albuquerque Rodrigues

            - Ana Maria e António Jorge da Silva

            - Maria da Conceição Vieira

            - Padre Sertório Martins (assistente religioso)

Em Janeiro de 2019 foi empossada uma nova equipa apoiada por um novo assistente religioso (Pe Nuno Santos).

 

 

2. Missão:

Somos um serviço diocesano que promove, de forma articulada, o valor da família!

Queremos despertar nos agentes pastorais e nas paróquias a premência em promover a pastoral familiar:

1. Animar a Pastoral da Família no espaço geográfico da Diocese de Coimbra, privilegiando a preparação do Matrimónio, o acompanhamento dos casais novos e o apoio aos casais em situação difícil.

2. Promover a constituição de equipas de famílias (paroquiais ou arciprestais) e providenciar a formação dos seus elementos.

3. Coordenar e optimizar a acção dos diferentes movimentos de espiritualidade familiar, no respeito pela sua especificidade.

4. Promover, na Diocese, uma reflexão profunda sobre o que é a Família à luz da Doutrina Cristã e dos documentos do Magistério da Igreja.

 

 

3. Visão

Iluminados pelo Evangelho formamos famílias: comunidades de vida e de amor.

 

 

4. Prioridades estratégicas para o ano pastoral 2016-2017

O objectivo geral do ano é:

 «Despertar a alegria do amor nos casais»

Tendo em conta as prioridades definidas pelo Plano Pastoral Diocesano (apoio à família, o acompanhamento dos jovens, a atenção aos mais desfavorecidos e o diálogo fé e cultura) temos como objectivos estratégicos para este ano:
 

1. Reflexão sobre os objetivos fundamentais e linhas gerais de atuação para a pastoral familiar dos próximos anos, à luz da Amoris Laetitia

- Constituir um grupo de trabalho, com base no Conselho Diocesano da Família, para fazer uma avaliação projetiva da pastoral familiar diocesana, elaborando um documento-síntese de trabalho para ser discutido em diversos âmbitos;

- Promover (e estimular) encontros de reflexão nas UP e nos arciprestados sobre a AL.


2
. Constituir Equipas Arciprestais da Pastoral Familiar (EAPF)

     - Participar, com regularidade, nas reuniões de párocos a nível de arciprestado;
- Promover reuniões (de formação e de coordenação) com os casais animadores arciprestais;
- Acompanhar as reuniões de pastoral familiar ao nível de arciprestado
- Propor caminhos de formação espiritual concretos (cursos cristandade, cursos alfa, integração em movimentos, …)

 

3. Preparar os noivos para o sacramento do matrimónio

- Incrementar, nas famílias e nas comunidades, a preparação remota do matrimónio (em articulação com a catequese e pastoral juvenil)
- Sensibilizar e estimular as comunidades para que todos os noivos participem em encontros de preparação "próxima" para o matrimónio;
- Promover ações conducentes à devida integração destes casais nas respetivas comunidades.

 

4. Acompanhar os casais novos

- Providenciar o acompanhamento dos casais novos por casais experientes preparados para o efeito;
- Potenciar o encontro com os casais que pedem à Igreja o Baptismo para os seus filhos;
- Potenciar o encontro com os casais que matriculam os filhos na catequese;
- Realizar bênçãos das grávidas e bênção das crianças;
- Realizar sessões sobre a família, preferencialmente em espaços públicos.


5. Acompanhar as famílias em situação difícil
(
situações de fragilidade ou imperfeição)

- Eleger e formar casais experientes nas comunidades que possam acompanhar casais em situações de fragilidade ou imperfeição
- divulgar os Centros de Aconselhamento  Familiar (CAF’s) existentes e estimular a criação de mais estruturas deste género

 


6. Celebrar dias especiais

Dia do idoso, do doente, dos namorados, do pai, da mãe, da família, dos avós.


7. Implementar o “Serviço da Vida” a partir da Encíclica “Evangelho da Vida”

- sensibilizar a diocese para uma cultura de promoção da vida humana

- Realizar cursos de Regulação Natural da Fertilidade

     - Celebrar a Semana da Vida

 
8.  Envolver os movimentos de espiritualidade familiar

- reunir, regularmente, com os responsáveis dos movimentos de espiritualidade familiar

 

 

 

5. Equipa do Secretariado (até 2018)

A actual equipa coordenadora é constituída pelos seguintes elementos: 

            Maria de Lurdes e Jorge Cotovio
              casal coordenador     
              (contacto:
jfcotovio@gmail.com)

            Padre Sertório
              assistente religioso

            Emília Cardoso
              responsável pelo CAF

            Bernardete e Rui Silva

            Manuela e Manuel Joaquim Santos

            Miquelina e Benjamin Rodrigues

           
           
            

 

6. Consultores

           

 

 

 

 

 

©Copyright - Secretariado Diocesano da Pastoral Familiar, 2004