Somos nós hoje os Servos de Deus

Neste domingo o Senhor Bispo, D. Virgílio deu início à celebração da Semana Santa, com a Missa de Domingo de Ramos. Perante uma assembleia de homens e mulheres que se juntaram para a celebração, o Senhor D. Virgílio referiu-se à figura do Servo Sofredor de Deus que, tendo sido anunciado pelos profetas no Antigo Testemunho, se manifesta plenamente em Jesus Cristo, o Filho de Deus que carrega sobre si as dores da humanidade, para a redimir e salvar.

Exortando os fiéis disse que hoje, os servos de Deus somos todos nós. Tendo por modelo o próprio Senhor Jesus Cristo e olhando para a sua entrega na Cruz, somos desafiados a encarnar a vocação de Servos de Deus e da Humanidades transformando as diferentes realidades nas quais nos encontramos: a vida pessoal, familiar, eclesial e social. Isto exige-nos a capacidade de transformação e de mudança da vida, fazendo-nos rostos visíveis do Senhor Jesus Cristo.

Terminou a sua homilia convidando os presentes a que, «ao longo destes dias possamos pela meditação, reflexão, oração perceber de que modo havemos de ser servos fiéis de Deus na Igreja e no mundo em que vivemos».

 

Plano Pastoral


Bispo Diocesano


Vaticano